Fixo (71) 3494-7843 whatsapp (71)99911-1102

Notícias do mercado imobiliário

Mercado imobiliário brasileiro volta à atividade

O mercado imobiliário brasileiro mostrou sinais econômicas positivas neste terceiro trimestre do ano. Dados preliminares do índice FipeZap que considera vendas e lançamentos de novos prédios no país, indicam que seis importantes empresas imobiliárias mostraram aumento num valor geral de vendas (potencial de rendas provenientes de prédios já construídos e que estão à disposição do mercado) de cerca de US$ 1.080 milhões, aumento de um 69% na comparação interanual.

Isto significa que estas seis empresas tem uma importante porcentagem a mais de imóveis à venda na atualidade, em comparação com o mesmo período no ano passado. Em consequência, o dado traduz que, desde há um ano até a data, estas seis empresas construíram mais, reativando assim parte do mercado.

De acordo com o índice FipeZap, as vendas líquidas das empresas pesquisadas cresceram um 63% interanual neste terceiro trimestre atingindo um valor equivalente a cerca de US$1.000 milhões.

As seis empresas destacadas no mercado imobiliário do Brasil são, de acordo ao índice, Direccional Engenharia, Even Construtora, EZTec, Gafisa, MRV Engenharia e Tenda.

Eduardo Zylberstajn, coordenador do índice FipeZap afirma que, "existem grandes chances de que em mais algum tempo fique claro que o 2017 terá sido um ponto de mudança positiva do mercado imobiliário, se caracterizando como o início de uma nova etapa".

Porém, o executivo afirma também, que não se trata de uma retomada total pois as medidas econômicas ainda não reflexam o comportamento do consumidor final. " Os lançamentos estão se vendendo muito bem. A retomada acontece mais pela venda de lançamentos do que pelo estoque de unidades à venda", informou o jornal brasileiro.

O estoque de imóveis no Brasil está em alta devido ao repentino e forte queda nos mercados de edificações residenciais e comerciais. O que não apaga o fato de que uma alta nas vendas e nas construções seja uma notícia positiva.

Fonte: Construcción Latinoamericana

10/11/17

Últimas notícias